FRASE DO DIA

Estou aqui para mostrar que nós vamos continuar de cabeça erguida, de mãos limpas, esse foi o jeito que eu escolhi de fazer política, e ninguém, nenhum vagabundo tipo o Alexandrino, vai inventar mentira sobre a minha vida pública.

(Deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) sobre o delator da Odebrecht Alexandrino Alencar)

Comentar

Estou aqui para mostrar que nós vamos continuar de cabeça erguida, de mãos limpas, esse foi o jeito que eu escolhi de fazer política, e ninguém, nenhum vagabundo tipo o Alexandrino, vai inventar mentira sobre a minha vida pública.

(Deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) sobre o delator da Odebrecht Alexandrino Alencar)


O sarneisismo político, ainda que eu quisesse apedrejar, mostra­-se ilibado pelas mãos do Fachin e não precisa de explicação.

(João Bentivi)


Nós sabíamos mais ou menos que seria isso. Temos de compreender essa indignação e praticar gestos para superar essa indignação fazendo com que o país vá para a frente.

(Michel Temer sobre conteúdo da delação da Odebrecht)


Jamais tive qualquer informação que maculasse a imagem do governador Flávio Dino ao longo de toda a sua vida pública. Não se pode condenar ninguém antes do devido processo.

(Luis Fernando, prefeito de São José de Ribamar)


Político que disser que não recebeu caixa dois está mentindo.

(Marcelo Odebrecht)


Qual vai ser a régua que o governador vai utilizar nesse caso? Será a mesma régua que ele utiliza para julgar os seus opositores, que os chama de ladrões e quadrilheiros mesmo antes de serem julgados?

(Dep. Adriano Sarney)


Eu vou para as ruas pedir voto para o governador Flavio Dino  e Weverton Rocha  para senador .

(Pref. Edivaldo Holanda esquecendo-se que deve ir às ruas primeiro em São Luis e ver como a cidade está acabada)


Eu compreendo o Renan, as dificuldades dele, de alguma maneira, ele sempre agiu dessa maneira, ela vai e volta.

(Michel Temer)


O governo Temer não sabe o que fazer com o Brasil.

(Lula)


O governo nos suga e destrói as conquistas. Com sua pinguela, Temer está levando o Brasil para o buraco rumo ao retrocesso.

(Vagner Freitas, presidente da CUT , sobre a sanção de Michel Temer à lei de terceirização sem salvaguardas a trabalhadores)