FRASE DO DIA

Pretendo ser candidato ao Governo do Maranhão pelo PSB e com apoio do PSDB.

(Roberto Rocha)

6 Comentários

Prefeitão

Durante o tal ‘Governando juntos: Encontro de Prefeitos e Prefeitas’, evento que o Palácio dos Leões realizou para dizer aos futuros gestores municipais que o estado não tem uma “pila” para ajudar os municípios, ficou claro que o Maranhão de tempos comunistas não tem projeto estratégico. Sim, pois a levar em conta Flávio Dino anunciar com pompas que o governo tem “asfalto de até 5 km, poços artesianos e água” como projetos prioritários é o governador ter virado um verdeiro “prefeitão” sem qualquer visão estratégica do estado que governa.

Te cuida, Deoclides!

Infos dão conta que o ex-prefeito de Porto Franco, Deoclides Mecedo (PDT) deve levar um ‘zignal’ do seu companheiro de partido, o atual secretário de Estado do Trabalho e Economia Solidária (Setres), Julião Amim. A companheiros próximos, Julião tem dito que vai exercer o mandato de deputado federal e propor ao governador Flávio Dino que nomeie Deoclides no seu lugar. Com certeza “Penteado” não curtiu essa.

PT enquanto sublegenda do PCdoB

O debate sobre o Processo de Eleição de Direta do PT (PED/PT) começa a esquentar no partido. Durante esta semana, vários blogs, inclusive o do Robert Lobato, pautaram o assunto. Ontem, por exemplo, um influente quadro petista e membro histórico da corrente Construindo um Novo Brasil (CNB) fez o seguinte comentário para este blogueiro ao ser indagado se ele entrará na disputa para presidente do partido: “Nós estamos construindo junto à CNB uma unidade, pois achamos que a conjuntura exige de cada militante uma reflexão mais aprofundada, as disputas internas têm que ser melhor calibradas. Só entraremos na disputa se vermos o risco de o PT se tornar sublegenda do governo Flávio Dino”. Éguas!

Eleição TCE/2016

No próximo dia 14 deste mês acontece a eleição para a nova diretoria do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão. Dois conselheiros despontam como favoritos: José de Ribamar Caldas Furtado, atual vice-presidente; e o seu colega Raimundo Nonato de Carvalho Lago Júnior, atual corregedor. A praxe é que o vice-presidente ascenda ao posto de presidente sem maiores crises, mas as movimentações conspiratórias nos bastidores para puxar o tapete de  Caldas Furtado é muito grande porque ele não seria da “confiança”, leia-se “panelinha”, dos conselheiros Edmar Cutrim e Jorge Pavão, que se consideram os donos do TCE-MA. A permanecer um quadro de muita disputa interna, o nome do conselheiro Washington Luiz de Oliveria poderá surgir como um consenso para acalmar os ânimos dos coroas. A conferir.

Reviravolta na PEC do fim da reeleição

Um emenda à PEC que prevê o fim do instituto da reeleição no país pode alterar o quadro sucessório a partir das eleições de 2018. De autoria do senador pelo estado de Tocantins, Ataídes Oliveira (PSDB), a emenda garantiria a reeleição para os governadores eleitos em 2014, mas com a obrigação de que os mesmos renunciem ao cargo caso resolvam tentar um segundo mandato. Ou seja, não se trata de afastamento, mas de renúncia, e caso sejam reeleitos só retornariam ao posto no ano subsequente. Caso percam eleição não voltam a sentar na cadeira de governador. A emenda, claro, alcançaria da mesma forma o presidente Michel Temer.

Festança sim, mas sem a ‘Marrom’

Na primeira coluna das Notinhas Venenosa do Sábado (aqui), publicamos que a festa de comemoração do ‘níver’ do secretário Márcio Jerry (Articulação  Política), realizada numa mansão no bairro do Araçagi, teria sido embalada sob as belas cantigas da cantora maranhense Alcione de Nazaré, a nossa Marrom. Em contato com a coluna, o secretário negou com veemência a informação. “Não era mansão alguma, casa simples, dessas que se aluga para eventos. Marrom ??? Tá é doido…Amigos meus, da vida inteira, como Celso Reis, Flávia e César Teixeira improvisaram um show”, esclareceu um zangadinho Marcio Jerry…

Seu Maroca quer saber: Quem é o secretário de Estado que está doido para deixar o cargo por temer processos futuros de tantos ‘abacaxis’ que há na pasta? “Onde fui me meter”, desabafou o secretário a um amigo.

Até a próxima “Notinhas venenosas do sábado”.pensativo


Com Edivaldo, Weverton só perde pra Jesus

Se já era forte, o deputado federal Weverton Rocha (PDT)será ainda mais no segundo mandato de Edivaldo. Durante todo seu discurso no culto de ação de Graça pela reeleição, o prefeito Edivaldo se referiu umas 10 vezes ao presidente do PDT. O pedetista Só perdeu para o Senhor Jesus, a quem o prefeito agradeceu pela vitória.

Para quem já foi o “diabo” para Edivaldão,  Maragato hoje é uma espécie de segundo filho do velho e bom deputado Edivaldo Holanda Braga, pai do prefeito de São Luis.

Comunicação em disputa

Ainda no culto de ação de Graça pela reeleição, três postulantes ao cargo de secretário de comunicação no próximo mandato marcaram presença.
A atual secretária Conceição Castro, o jornalista Ciro Nolasco, preferido de Holandão e o ex-secretário Batista Matos, marcaram presença no evento religioso. O ‘Negão de Jesus”, como é chamado entre os irmãos em Cristo, ficou estrategicamente sentado bem atrás do pai do prefeito. Filiado ao PC do B e aliado político do pedetista Weverton Rocha, ‘Negão de Jesus” deve ter orado muito para não levar um zignal na sua intenção de voltar ao comando da Secomzinha.

Comunistas honraram a tradição antireligião

Honrando a tradução partidária e equivocada de que comunismo e religião não andam juntas, a alta cúpula do PC do B não marcou presença no culto de Ação de Graça pela reeleição do prefeito Edivaldo.
De alta patente, somente o novo vice-prefeito, Julio Pinheiro. Havia uma expectativa quanto ao presidente Marcio Jerry marcar presença, o que não ocorreu, pois o homem forte do governo ainda curava ressaca da festança da segunda-feira, 14, realizada numa misteriosa mansão lá pra bandas do Araçagi sob as belas cantigas da nossa Alcione, a “Marrom”.

A violência e a Cebarpaz I

Dados sobra a violência no Maranhão, e especial em São Luis, contidos no Anuário Nacional de Segurança Pública-2016, foi uma “água no chope” do Governo do Estado que esperava capitalizar politicamente com a realização da 4ª Assembleia Nacional do Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz). Enquanto o Brasil reduziu a violência em 2%, o Maranhão viu seus índices crescerem 8%. Mais grave: no quesito latrocínio, o aumento no Maranhão foi de 61,2%, enquanto que o Brasil registrou redução de 2%.

A violência e a Cebarpaz II

O advogado e ativista dos diretos Humanos Diogo Cabral, lembrou que São Luís tem a maior taxa de latrocínio Entre todas as capitais brasileiras,com aumento de 106,8% de 2014 para 2015.

A violência e a Cebarpaz III

Segundo ainda Cabral, O Maranhão é o quarto da Federação na Taxa de Letalidade Policial. Em 1 ano triplicaram as mortes decorrentes de intervenção policial. Estando à

A violência e a Cebarpaz IV

O advogado informa também que São Luís tem a 4ª maior Taxa de homicídios dolosos entre todas as capitais, atrás de Fortaleza, João Pessoa e Aracaju. A capital maranhense ostenta desgraçadamente a maior taxa de latrocínio em relação às capitais brasileiras, com aumento de 106,8% de 2014 para 2015. Os dados são do Fórum da Segurança.

Landim e a irmã

O empresário e “operador” Janderson Landim, homem responsável pela vitória de Luciano Genésio a prefeito da cidade de Pinheiro, fez de tudo para “bombar” a campanha da deputada federal Eliziane Gama à Prefeitura de São Luis. Prometeu mundos e fundo$ para a irmã, que logo sentiu cheiro de malandragem e mandou o marqueteiro paulista vazar, Landim deixou o rico estado de São Paulo para morar no pobre Maranhão. Chegou aqui pelas mãos do delegado Alexandre Alves, irmão do prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves.

PS: Os leitores também podem contribuir com a coluna “Notinhas venenosas do sábado”. Basta enviar sua notinha para roberlobato2014@gmail.com ou pelo WhatsApp (98) 981461486.