FRASE DO DIA

Estou aqui para mostrar que nós vamos continuar de cabeça erguida, de mãos limpas, esse foi o jeito que eu escolhi de fazer política, e ninguém, nenhum vagabundo tipo o Alexandrino, vai inventar mentira sobre a minha vida pública.

(Deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) sobre o delator da Odebrecht Alexandrino Alencar)

Comentar

Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado: incompetência da Infraero

Duas construções se arrastam em São Luis a passos de cágado: o aeroporto de São Luis e o Shopping da Ilha. Ambos os empreendimentos são alvo de críticas tanto da classe política quanto da imprensa maranhense.

Contudo, o mais grave é o caso do Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, que há quase uma anos tem infernizado a vida de turistas e demais usuários que são obrigado a passar tudo que é tipo de situação desconfortável e constrangedora, tudo ali: às claras e  na “lata” das autoridade que nada conseguem fazer para que a reforma seja concluída – o blog do Gilberto Léda informa que o aeroporto será entregue, devidamente reformado, somente em maio deste ano. Acredita quem quiser.

Shopping da Ilha: incompetência do grupo Sá Cavalcante

A cidade pode até viver sem o Shopping da Ilha, mas a vida fica bem difícil sem o funcionamento regular do único aeroporto de São Luis. O empreendimento do grupo Sá Cavalcante não tem, até onde se sabe, verbas públicas sendo enterradas pela incompetência na gestão do cronograma da obra, já no Cunha Machado a soma do dinheiro do povo chega a milhões. Uma vergonha!

Resta esperar para saber quem ganhará essa espécie de “gincana da incompetência” e entregará primeiro, algum dia, a sua obra: a Infraero (Aeroporto Cunha Machado) ou o grupo Sá Cavalcante (Shopping da Ilha).


Todo ano eleitoral é a mesma coisa: mal começam as conversas e as articulações sobre as candidaturas, e a indústria de factoides e intrigas é acionada.

Refiro-me neste momento ao post do colega John Cutrim Sarneysistas de proa não se empolgam com Washington e alijam petista da disputa, publicado no seu blog.

No post, John faz referência a uma outra postagem, do jornalista Marco D’Eça, intitulada Edivaldo Júnior agrada a Flávio Dino e ao grupo Sarney…, onde o “miranteano” relata conversas que teve com o deputado estadual Tatá Milhomem (PSD) e com o senador João Alberto (PMDB).

Ora, claro que John Cutrim, enquanto blogueiro de oposição e castelista “convicto”, iria aproveitar a deixa de D’Eça para tripudiar sobre a pré-candidatura do vice-governador Washington Oliveira (PT) que, ao lado da possível candidatura de Flávio Dino (PC do B), é a que mais tira o sono do atual prefeito de São Luis.

Em primeiro lugar, o deputado Tatá Milhomem, embora presidente de um importante partido, entende tanto da política e da eleição de São Luis quanto John Cutrim entende da política e da eleição pras bandas de Barra do Corda. Ou seja, as declarações de Tatá não passam de bravatas.

Já no caso do senador João Alberto, não consigo identificar nada demais, absurdo algum do presidente estadual do PMDB reconhecer que o deputado federal Edivaldo Holanda Jr (PTC) é “um bom nome para a disputa”. Falou como político, além de ter dito o óbvio.

Enfim, a análise do colega John Cutrim não passa de uma inteligente forma de tentar intrigar os aliados de Washington Oliveira, de dentro e de fora do PT. Por isso que este blogueiro já disse aqui: quem quiser saber como anda a pré-candidatura do petista basta acessar os blogs da oposição (reveja), principalmente os alinhados ao prefeito João Castelo (PSDB).


Celebra-se hoje, 19 de março, a Solenidade de São José. Neste dia, a Igreja, espalhada pelo mundo todo, recorda solenemente a santidade de vida do seu patrono.

Esposo da Virgem Maria, modelo de pai e esposo, protetor da Sagrada Família, São José foi escolhido por Deus para ser o patrono de toda a Igreja de Cristo.

Seu nome, em hebraico, significa “Deus cumula de bens”.

No Evangelho de São Mateus vemos como foi dramático para esse grande homem de Deus acolher, misteriosa, dócil e obedientemente, a mais suprema das escolhas: ser pai adotivo de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Messias, o Salvador do mundo.

“Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor tinha mandado e acolheu sua esposa” (Mt 1,24).

O Verbo Divino quis viver em família. Hoje, deparamos com o testemunho de José, “Deus cumula de bens”; mas, para que este bem maior penetrasse na sua vida e história, ele precisou renunciar a si mesmo e, na fé, obedecer a Deus acolhendo a Virgem Maria.

Da mesma forma, hoje São José acolhe a Igreja, da qual é o patrono. E é grande intercessor de todos nós.

Que assim como ele, possamos ser dóceis à Palavra e à vontade do Senhor.

São José, rogai por nós!

Fonte: Canção Nova


João Castelo

Não tem como ignorar a experiência política do prefeito João Castelo nesse tempo todo em que está no exercício da vida pública.

E é justamente por esse acúmulo conquistado pelo ex-governador e ex-senador, que torna difícil de entender porque o tucano consegue cometer um erro atrás do outro, além de ter deixado de fazer uma gestão que o deixasse numa situação mais confortável a pouco mais de seis meses das eleições municipais.

Como explicar, por exemplo, a debandada de aliados importantes como Roberto Rocha, Edivaldo Holanda e Edivaldo Holanda Jr? Como achar natural que o PDT, PPS, PSB, só para citar esses três, estejam cada vez mais longe do projeto de reeleição do prefeito? Como explicar o fato de um ex-governador como Castelo ter deixado obras e programas sociais que até hoje estão no imaginário popular, e como prefeito não ter conseguido, até o último ano de governo, convencer a maioria da população de que faz uma boa administração?

Muitas seriam as respostas para os questionamentos acima. Mas, talvez, o que  mais poderia explicar a situação embaraçosa, para dizer o mínimo, na qual o prefeito se encontra é a arrogância política do prefeito e, por conseguinte, da sua gestão como um todo.

João Castelo aprendeu, ao longo da vida, acreditar que sabe de tudo, que conhece todo mundo, que todos são seus amigos e estão prontos a atender os seus pedidos com um simples estalo de dedos.

O pior é que esse tipo de comportamento faz com que os seus auxiliares mais próximo não sintam-se à vontade para dizer, quando necessário, que o chefe está errado. De auxiliares, os membros da sua equipe se tornam um monte de puxa-sacos, bajuladores.

É possível que Castelo não faça ideia de como se encontra os bastidores da sua administração, pois, é possível também, que os relatórios que chegam a sua mesa e ao seus ouvidos dão conta de que tudo está a mil maravilhas, que faz uma administração de primeiro mundo. Aliás, muitos estão mais preocupados com os “negócios” do que com os resultados da gestão em prol da cidadania dos ludovicenses.

Por tudo isso, Castelo se tornou uma presa fácil para ser abatida eleitoralmente: vai muito ruim na política, sofrível na infraestrutura, questionável na educação, na saúde, além de péssimo na relação com a imprensa.

O engraçado, não fosse trágico, é que ninguém tem coragem de falar essas coisas para o prefeito, que caminha acreditando, profundamente, que é o melhor gestor do Brasil.

 



Raimundo Monteiro: aguarda comunicado do DM/Pinheiro, mas não vê sustentação legal no afastamento do dirigente César Soares

(Post atualizado às 13h54 para acréscimo de informação) – O presidente estadual do PT, Raimundo Monteiro, garantiu ao blog que o afastamento do tesoureiro do partido na cidade de Pinheiro, César Soares, não tem qualquer sustentação legal.

Monteiro afirmou que aguarda o comunicado da decisão unilateral e autoritária de parte dos membros da executiva municipal, para tomar as providências cabíveis a luz do Estatuto do PT.

“Até o momento ainda não chegou essa questão de Pinheiro no diretório estadual, instância competente para encaminhar a composição dos diretórios municipais ao TRE. Mas não vejo amparo legal nessa decisão dos companheiros de Pinheiro de afastar o tesoureiro César Soares, já que a executiva foi composta por unanimidade entre os companheiros e em chapa única”, disse.

Em reunião ordinária realizada na calada da noite de sábado (17), a executiva cassou o cargo de tesoureiro do bancário César Soares sob alegação de que o dirigente não tem participado das reuniões do partido. “Conversa para boi dormir”, garante Soares.

DESESPERO

Cesár Soares, que é pré-candidato a prefeito de Pinheiro, vê “desespero” na decisão do membros da executiva em afastá-lo da Tesouraria do partido. Soares ressalta que os seus desafetos internos querem entregar o PT de qualquer jeito ao prefeito Zé Arlindo e, por isso, tomaram essa decisão ilegal e autoritária sem sequer ter o direito de ampla defesa garantido pelo Estatuto do partido.

César Soares: "querem entregar o PT de qualquer jeito para Zé Arlindo"

“Os companheiros mostram, com essa decisão ilegal e autoritária, que estão desesperados. Prometeram entregar o partido de qualquer jeito ao prefeito Zé Arlindo e agora sabem que não será fácil honrar com o prometido. Essa alegação de que não participo das reuniões do PT é conversa para boi dormir, não tem fundamento. Vou esperar ser comunicado oficialmente sobre o meu afastamento para tomar as providências junto ao diretório estadual do PT”, disse.

De fato, meia dúzia de gatos pingados se acham no direito de decidir pelo conjunto do PT de Pinheiro. César Soares está correto quando fala em desespero dos aliados petistas de Zé Arlindo.

A ideia que passa a partir da decisão de afastar Soares da executiva municipal do PT é de que realmente existe um desespero daqueles que garantiram levar o PT “com a maçã na boca” para Zé Arlindo, mas agora começam a perceber que não será fácil entregar a “mercadoria”.

No dia 10 de marco, uma reunião da Executiva Municipal, que contou com a presença de César Soares, definiu o calendário eleitoral do partido da seguinte forma:

30 de março – prazo limite para apresentação das TESES;

14 de abril – data limite para quitação da anuidade partidária dos filiados;

29 de abril(domingo) – Encontro Municipal de Tática Eleitoral.


Ver. Ivaldo Rodrigues

O vereador de São Luis, Ivaldo Rodrigues (PDT) solicitou ao blog reparo pelo noticiado no post Filiados do PDT que ocupam cargos na prefeitura de São Luis serão chamados para definir o rumo do partido (reveja).

Segundo o líder do governo municipal na Câmara de Vereadores, em nenhum momento houve discussão ou decisão de fazer qualquer levantamento de filiados que ocupam cargos na administração Castelo. Rodrigues afirmou ainda que está focado na defesa do apoio do PDT ao projeto de reeleição do tucano por entender que o prefeito é um dos maiores símbolos da oposição à “oligarquia Sarney”.

“Desconheço qualquer decisão ou discussão sobre levantamento de filiados do PDT na administração do prefeito Castelo para definir o rumo do partido em São Luis. Nem eu e nem o secretário Júlio França estamos trabalhando em tal levantamento. Enquanto vereador, estou focado na defesa da manutenção do apoio ao prefeito e do seu projeto de reeleição, pois entendo que o mesmo ainda é uma das maiores lideranças de oposição à oligarquia Sarney e é preciso que a capital continue sendo administrada por ele”.

O vereador afirmou ainda que além dele, outros pedetistas importantes desejam que o PDT estaja no mesmo palanque do PSDB, entre os quais o vereador Barbosa Lages, os secretários municipais Clodomir Paz (Transportes), Júlio França (Abastecimento), Pavão Filho (Orçamento Participativo), Euclides Moreira (Func) e a deputada Graça Paz.

Nota do blog: A informação sobre o levantamento dos pedetistas que estão na administração Castelo foi passada por uma fonte ligadíssima ao vereador Ivaldo Rodrigues e ao secretário Júlio França. Dessa forma, o blog prefere achar que houve vazamento da informação a acreditar que tal procedimento não tenha sido colado em pauta pelo “PDT chapa branca”.


Washington Oliveira afirmou que há um enorme esforço da militância do PT em discutir com a população o melhor caminho. “Traremos para São Luís uma administração que acima de tudo tenha planejamento estratégico, colocando em prática o Plano Diretor de nossa cidade. A partir daí, iremos conversar com os vereadores na Câmara Municipal, que são os verdadeiros atores da política municipal. Iremos também dialogar com as lideranças comunitárias, pois elas sabem os reais problemas de nossa cidade, como é o caso da mobilidade urbana, do saneamento básico, e para isso é preciso que se discuta com a população a solução para esses problemas, entre outros”, comentou.

Segundo o vice-governador, é preciso conversar com todos os partidos que buscam uma São Luís melhor. Washington Oliveira não descartou nem mesmo o apoio do PCdoB e do PDT, que hoje faz parte da base aliada da administração do prefeito João Castelo (PSDB).

“Na eleição de 2008, contribuímos para levar o PT para apoiar a candidatura do deputado Flávio Dino [PCdoB]. Entendemos que agora temos respaldo para buscarmos o apoio destes companheiros. Na época, trouxe a então ministra Dilma para apoiar o Flávio Dino e agora trarei a presidente Dilma para apoiar o PT em São Luís”, frisou o vice-governador.

Fonte: Jornal O Estado do Maranhão


Polêmico e metido a falar sobre o que não entende, o ex-jogador de futebol e deputado feral, Romário (PSB), soltou uma nota oficial sobre a organização da Copa do Mundo 2014, que será realizada no Brasil.

Do seu Facebook,  o “Baixinho” não poupou ninguém nas palavras e chegou a afirmar que a Copa será “o maior rouba da história do Brasil”. Veja:

Tem coisas que só existem no nosso País, ou melhor, só acontecem no nosso País. O presidente da FIFA vem ao Brasil e se encontra com a presidente Dilma. Até ai perfeito! Nesse encontro estão presentes Aldo Rebello, ministro dos Esportes, ok; Pelé, embaixador honorário do Brasil para a Copa do Mundo de 2014, ok; Ronaldo, conselheiro do Comitê Organizador Local (COL), ok. Só uma pergunta: qual dessas pessoas tem a ver com a Lei Geral da Copa?

Nenhuma. O presidente da comissão da Lei Geral da Copa, Renan Filho, não estava lá. O relator da Lei da Copa, Vicente Cândido, também não. O presidente da Casa onde será votada a lei, Marco Maia, também não estava presente. E muitos outros que tem muito a ver com a Lei Geral da Copa, não estavam presentes. Na minha concepção de político, a política vai de mal a pior. E o povo tem total razão de reivindicar e cobrar principalmente mais seriedade e responsabilidade das pessoas que tem autonomia para decidir coisas importantes como essa (Copa do Mundo).

Não vou me aprofundar muito, mas é uma pena, ouvir nas rádios, ver na TV, abrir os jornais e ler que o governo federal se uniu a FIFA para que a Copa do Mundo seja a maior de todos os tempos. Uma mentira descabida! Não será a melhor e nós vamos passar vergonha. Se continuar acontecendo coisas erradas e estranhas como esse encontro do Blatter com pessoas que não são ligadas a Lei Geral da Copa, ela será uma merda. E o governo federal está enganado o povo. E a presidente Dilma está sendo enganada ou se deixando enganar.

Brasileiros, continuem cobrando e se manifestando porque essa palhaçada vai piorar quando tiver a 1 ano e meio da copa. O pior ainda está por vir, porque o governo deixará que aconteçam as obras emergenciais, as que não precisam de licitações. Ai vai acontecer o maior roubo da história do Brasil. Ai eu quero ver se as pessoas que apareceram sorrindo na foto durante a reunião de ontem vão querer aparecer. Esse Brasil é um circo e os palhaços vocês sabem bem quem são.


Aziz Ab'Saber: grande nome da ciência brasileira

Faleceu na última sexta-feira (16), o geógrafo Aziz Ab’Saber, um dos maiores intelectuais do país.

Ab’Saber faleceu aos 87 faleceu em decorrência de um infarto sofrido em sua casa, na cidade de Cotia (SP).

Nascido em outubro de 1924 na cidade de São Luiz do Paraitinga (SP), era um dos intelectuais mais renomados do Brasil, sendo autor de diversos estudos e teorias fundamentais na área da geografia física e referência em temas como aspectos naturais do Brasil e meio ambiente.

Este blogueiro teve a grata honra de conhecer o geógrafo no ano de 1995, durante a 47ª Reunião Anual da SBPC, realizada em São Luis. Aziz Ab’Saber era o então presidente da entidade.

Além de um intelectual extremamente competente, Ab’Saber era uma pessoa agradável, humilde e muito acessível, tanto que foi um dos principais entusiastas do projeto “Democratizando a Ciência”, uma dos momentos mais rico do 47ª SBPC, em São Luis, onde doutores e pesquisadores em diversas áreas do conhecimento, foram ao bairros da cidade para falar sobre o ciência e trocar ideias entre o conhecimento científico e sabedoria popular,

Vai deixar muita saudade o intelectual brasileiro. A ciência do país está de luto. E o blogueiro também…


Vice-governador Washinton Luiz, candidatos a vereador durante lançamento de sua candidatura

Do blog do Décio Sá

Ao som de “Uma estrelha vai brilhar”, de Ricardo Braga (ouça abaixo), o vice-governador Washington Luis Oliveira empolgou cerca de 1.200 militantes petistas que participaram na noite deste sábado do lançamento de sua pré-candidatura à Prefeitura de São Luís na Batuque Brasil.

O PT realiza no próximo domingo (25) a eleição que escolherá os 220 delegados que definirão o candidato a prefeito no dia 15 de abril. O PT da capital tem cerca de 4,5 mil filiados, mas somente 2,2 mil devem participar da eleição interna.

Washington participa da disputa o “tucano-petista” Bira do Pindaré. Ao contrário do adversário interno que flerta nos bastidores com o prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), o vice-governador fez questão deixar claro que será candidato de oposição.

“Conclamo nossa militância a derrotar os tucanos em São Luís. Não podemos mais ser administrados por pessoas que passam três anos sem fazer nada e na época da eleição fazem obras eleitoreiras para maquiar a cidade. Está nas nossas mãos os destinos de São Luís”, disse ele em discurso empolgado empolgado.

Washington fez questão de nacionalizar a disputa na capital. Ele declarou que pela primeira vez a cidade terá condição de ter um prefeito afinado com o governo estadual e federal.

O vice-governador disse que como candidato irá procurar todos os partidos da base de apoio do governo federal e estadual, entre os quais o PDT e o PCdoB.

“Na eleição passada contribuimos efetivamente para levar o PT para apoiar Flávio Dino e por isso temos respaldo para irmos em busca do apoio destes companheiros”, disse Washington ex-militante do PCdoB. Eun trouxe a então ministra Dilma para apoiar o Flávio Dino. Agora vou trazer a presidente para apoiar o PT”, resslatou ele para uma empolgada militância.

Washington disse que irá procurar o apoio dos movimentos sociais e caso eleito vai elaborar um novo Plano Diretor de São Luís onde fará questão de incluir as administrações regionais.

O secretário estadual Rodrigo Comerciário (Articulação Institucional) previu que a vitória sobre Bira do Pindaré será de mais de 800 votos.”Com o apoio dessa ampal aliança vamos impor uma grande derrota a nosso adversários internos porque temos o melhor vice-governador da história do Maranhão.”

Ouça a música que embalou os aliados de Washington e deve ser a música da campanha petista.